quarta-feira, 29 de junho de 2011

Banco de Questões: Brasil Colônia

1) (FEI-SP) Sobre os primeiros 50 anos de ocupação do Brasil, podemos afirmar que:
I. Foi um período marcado pela exploração do pau-brasil, exploração essa realizada principalmente a partir do escambo com os indígenas.
II. Não havia um projeto sistemático de colonização por parte de Portugal, já que o comércio com as Índias era mais atraente. Nesse primeiro período, Portugal busca ocupar o território por meio da cessão de capitanias hereditárias.
III. Em 1549, com o estabelecimento do Governo-Geral, Portugal busca um controle maior e mais efetivo daquela que já havia se tornado sua colônia mais promissora, já que os negócios orientais começavam a declinar.
a) apenas I e II estão coretas
b) apenas I e III estão corretas
c) I, II e III estão corretas
d) apenas III está correta
e) apenas II está correta

Resposta: C

2) (SANTA CASA/SP) - Baseada no escambo e nas feitorias, e essencialmente predatória, foi:
a) a economia extrativa do pau-brasil no pré-colonial
b) a perseguição do braço escravo indígena, nos fins do século XVI brasileiro
c) a estrutura escravista no Brasil
d) ciclo da cana de açúcar em São Vicente, no século XVII
e) início do plantio do café, no litoral fluminense.

Resposta: A

3) (UFPR) Sobre as capitanias hereditárias no Brasil, totalize os valores corretos:
01) os núcleos coloniais fundados por Martim Afonso não eram suficientes para garantir a posse das terras para Portugal.
02) ofereciam vantagens aos donatários, mas os riscos da empresa ficavam por sua conta.
04) os documentos jurídicos básicos eram a Carta de Doação e o Foral.
08) não haviam sido experimentados em nenhuma colônia portuguesa antes do Brasil.
16) as únicas que prosperaram foram São Vicente e Pernambuco.

Resposta: 23 (01 + 02 + 04 + 16)

4) (UFPR) A instituição do Governo Geral do Brasil, por carta Régia de 7 de janeiro de 1549, com sede na Bahia de Todos os Santos, gerou profundas transformações na estrutura do sistema administrativo do Brasil, dentre as quais figuram as seguintes:
01) a arrecadação de impostos da Coroa passou a ser fiscalizada e coordenada por um provedor-mor
02) a defesa do litoral passou para a responsabilidade e comando de um capitão-mor da costa.
04) com o primeiro governador veio a primeira missão jesuítica, sob a direção de Manuel da Nóbrega, com a finalidade de cuidar das coisas espirituais.
08) governador-geral, o provedor-mor e o ouvidor-geral receberam, cada qual, o seu regimento.
16) com o governador-geral foram extintas as Capitanias Hereditárias.

Resposta: 15 (01 + 02 + 04 + 08)

5) (PUC) - Dentre as primeiras medidas tomadas pela Coroa Portuguesa para a ocupação do Brasil, após 1530, não podemos incluir:
a) envio da expedição de Martim Afonso de Souza.
b) a decisão de desenvolver a produção de açúcar.
c) a criação do sistema de capitanias hereditárias.
d) a expulsão dos holandeses.
e) a tentativa de transferir para particulares o custo da defesa e da colonização

Resposta:  D

6) A expedição colonizadora tinha por finalidade:
a) afastar os elementos estrangeiros e estabelecer núcleos de povoamento
b) fundar a primeira capital do Brasil e desenvolver a cana de açúcar
c) iniciar a exploração de pau-brasil e fundar a primeira vila
d) fundar a primeira cidade do Brasil e iniciar a pecuária
e) todas as alternativas estão corretas. 

Resposta:  A

7) (Mackenzie-SP) A divisão do Brasil em capitanias hereditárias não seria apenas a primeira tentativa oficial de colonização portuguesa na América, mas também a primeira vez que europeus transportaram um modelo civilizatório para o Novo Mundo. A esse respeito é correto afirmar que:
a) o modelo implantado era totalmente desconhecido dos portugueses e cada donatária tinha reduzidas dimensões.
b) representava uma experiência feudal em terras americanas, sem nenhum componente econômico mercantilista.
c) atraiu sobretudo a alta nobreza pelas possibilidades de lucros rápidos.
d) a coroa com sérias dívidas transferia, para os particulares, as despesas da colonização, temendo perder a colônia para os estrangeiros que ameaçavam nosso litoral.
e) o sistema de capitanias fracassou e não deixou como conseqüências a questão fundiária e a estrutura social excludente.

Resposta:  D

8) (CEFET-PR) Alguns historiadores afirmam que as conseqüências do modelo de colonização adotado pelos portugueses para a exploração do Brasil são ainda muito perceptíveis (devastação do meio ambiente, exploração do trabalhador rural, conflitos rurais, etc). Este modelo é conhecido como plantation ou plantagem e suas principais características são:
a) minifúndio, monocultura, mão-de-obra escrava;
b) latifúndio, mão-de-obra assalariada, policultura;
c) latifúndio, policultura, mão-de-obra escrava;
d) latifúndio, mão-de-obra escrava, monocultura;
e) latifúndio, trabalho assalariado, monocultura.

Resposta:  D

9) (PUC/SP) - A participação ativa dos holandeses nas atividades relativas aos primeiros anos da economia açucareira do Brasil colonial, se traduziu principalmente:
a) na adoção do sistema de lavoura extensiva
b) na introdução do escravo negro como mão de obra
c) nas operações de refino e distribuição do açúcar no mercado europeu
d) na introdução de trabalhadores flamengos para a lavoura da cana e) na adoção de novas técnicas para o plantio da cana.

Resposta: C

10) (UFMG) A respeito da economia e da sociedade no Brasil Colônia, é correto afirmar que:
a) no nordeste, a atividade pecuária ficou vinculada ao engenho, utilizando trabalho escravo negro e pouco contribuindo para a colonização do sertão;
b) na região das Minas, o surgimento de irmandades ou confrarias, que em geral se organizavam de acordo com linhas raciais definidas, estimulou a arte sacra barroca;
c) com o desenvolvimento da economia açucareira, as relações sociais foram adquirindo caráter aberto, favorecendo a mobilidade social de mestiços e homens brancos pobres;
d) as missões religiosas formadas pelos jesuítas visavam, através da catequese, preparar os indígenas para viverem integrados à sociedade dos brancos como mão-de-obra escrava.

Resposta:   B

11) (PUC – PR) Comparando-se os ciclos da economia colonial brasileira, é correto afirmar:
I - Os rendimentos decorrentes do ciclo do ouro, no século XVIII, foram superiores aos produzidos pelo ciclo do açúcar, até sua decadência, em função da concorrência antilhana.
II - A sociedade surgida em função do ciclo açucareiro foi mais hierarquizada e aristocrática do que aquela que teve origem no ciclo do gado, nos sertões do Nordeste ou caatinga.
III - Os investimentos iniciais na economia açucareira exigiam a aplicação de menos capitais do que o necessário para a exploração aurífera.
IV - O aumento da pecuária no Rio Grande do Sul deveu-se em grande parte à necessidade de fornecer alimentos e mulas para os transportes obrigatórios às atividades do ciclo da mineração ou do ouro.
Está correta ou estão corretas:
a) Apenas as opções I, III e IV.
b) Apenas as opções I e IV.
c) Apenas as opções II e IV.
d) Apenas as opções III e IV.
e) Apenas a opção IV.

Resposta: C

12) (Univali-SC) As expedições chamadas de Entradas e Bandeiras tinham como objetivo a procura de riquezas minerais e/ou a caça ao índio, para escravizá-lo e vendê-lo no litoral. O papel histórico das Entradas e Bandeiras, pode ser assim resumido:
a) Determinaram a ocupação efetiva do interior do Brasil e deram ao nosso país sua atual configuração geográfica.
b) Contribuíram para a implantação de uma nova política colonizadora, aproximando índios e colonos.
c) Iniciaram aproveitamento verdadeiro das terras agrícolas do oeste mudando a situação econômica da Colônia.
d) Por razões políticas e econômicas, contribuíram para a mudança da capital do Vice- Reino, do Rio de Janeiro para a Bahia.
e) Respeitaram o Meridiano de Tordesilhas, evitando, assim, conflitos armados entre portugueses e espanhóis.

Resposta: A

13) (U.F. Uberlândia-MG) No Brasil, a sociedade que se estruturou na região das minas possuía características que a diferenciavam do restante da colônia. A esse respeito, assinale a alternativa correta.
a) O ouro, os diamantes e o comércio possibilitaram a formação de uma sociedade onde a riqueza era atribuída mais eqüitativamente, não se reproduzindo ali os contrastes entre a fortuna de poucos e a pobreza da maioria.
b) A intensa miscigenação entre homens brancos e mulheres negras contribuiu para diminuir sensivelmente o preconceito racial, levando os senhores a dispensarem um tratamento humanitário aos seus escravos. 
c) A arte barroca de Aleijadinho, profundamente influenciada pelos dogmas religiosos da época, foi colocada a serviço da rica elite local, traduzindo um sentimento de conformismo e aceitação da ordem social vigente.
d) Era uma sociedade urbanizada e heterogênea, formada por comerciantes, funcionários reais, artesãos, profissionais liberais e escravos, onde a riqueza proporcionada pelo ouro, diamantes e comércio estava concentrada nas mãos de poucos, contrastando com a miséria da maioria da população. 

Resposta:  D

14) (UFRN) A Guerra dos Emboabas, a dos Mascates e a Revolta de Vila Rica, verificadas nas primeiras décadas do século XVIII, podem ser caracterizadas como:
a) movimentos isolados em defesa de idéias liberais, nas diversas capitanias, com a intenção de se criarem governos republicanos;
b) movimentos de defesa das terras brasileiras, que resultaram num sentimento nacionalista, visando à independência política;
c) manifestações de rebeldia localizadas, que contestavam aspectos da política econômica de dominação do governo português;
d) manifestações das camadas populares das regiões envolvidas; contra as elites locais, negando a autoridade do governo metropolitano.

Resposta: C

Nenhum comentário:

Postar um comentário